Abertura das Creches, Jardim de Inf√Ęncia e CATL

SantaCasaPequeno

No √Ęmbito da Orienta√ß√£o 25/2020 da DGS (Dire√ß√£o Geral de Sa√ļde) a Santa Casa da Miseric√≥rdia de Arcos de Valdevez est√° a proceder √† implementa√ß√£o das indica√ß√Ķes constantes na referida orienta√ß√£o para proceder √† abertura no pr√≥ximo dia 1 de junho da Creche em Padreiro, assim como ao Jardim de Inf√Ęncia, CATL (Centro de Atividades de Tempos Livres) e Creche localizadas no edif√≠cio Cerqueira Gomes.

Apelamos √† compreens√£o e empenhamento de todos no cumprimento das recomenda√ß√Ķes da DGS, visando a prote√ß√£o de todas as crian√ßas, pais e funcion√°rios.

Queremos que a abertura das Creches, Jardim de Inf√Ęncia e CATL seja feita em seguran√ßa, servindo e apoiando as fam√≠lias, pelo que a cumplicidade e responsabilidade de todos √© essencial para o adequado funcionamento destes servi√ßos atrav√©s do compromisso de todos com o cumprimento das regas de bom funcionamento implementadas.

O Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Arcos de Valdevez

Comendador Francisco Rodrigues de Ara√ļjo (Dr.)

Comunicado

uniaosecretariado

O Secretariado Regional da Uni√£o das Miseric√≥rdias do Alto Minho, na reuni√£o de 12/05/2020, analisou a Orienta√ß√£o da Dire√ß√£o Geral de Sa√ļde n¬ļ 11/2020, de 11/05/2020, visando a realiza√ß√£o de visitas aos utentes das Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI), Unidades de cuidados Continuados Integrados (RNCCI) e outras respostas dedicadas a pessoas idosas.

Considerando o empenho de todos para que as visitas aos utentes se realizem e, acima de tudo, salvaguardando o seu interesse e a sua sa√ļde, ir√£o as Miseric√≥rdias do Alto Minho tomar as medidas necess√°rias para que essas visitas se fa√ßa, de forma planeada e em seguran√ßa, prevendo-se que as mesmas se iniciem a partir do fim do presente m√™s.

Este plano de operacionalização das visitas será integrado no plano de contingências de cada Misericórdia e comunicado aos familiares até ao final dp presente mês de maio para que, de forma ponderada e consciente, se retomem as visitas aos utentes.

Numa primeira fase, as Misericórdias do Alto Minho irão organizar as visitas, com marcação prévias, em modo de avistamento pelas janelas e/ou através de portas em vidro e/ou em locais reservados para o efeito, de acordo com a situação clínica dos utentes e as infraestruturas de cada Instituição.

A pessoa que vai participar na visita dever√° manter o cumprimento de todas as medidas de distanciamento f√≠sico, etiqueta respirat√≥ria e higieniza√ß√£o das m√£os, sendo obrigat√≥rio a utiliza√ß√£o de m√°scara, preferencialmente cir√ļrgica, durante todo o tempo de perman√™ncia na Institui√ß√£o.

As Misericórdias do Alto Minho irão continuar a apostar na tecnologia e nos meios digitais para que os utentes possam comunicar com os familiares e amigos através de vídeo chamada e/ou telefone.

Misericórdias de: Viana do Castelo, Ponte de Lima, Ponte da Barca, Arcos de Valdevez, Paredes de Coura, Vila Nova de Cerveira, Caminha, Valença, Monção e Melgaço.

 

Comunicado

uniaosecretariado

Estamos na oitava semana da pandemia do Covid-19, prestes a entrar na nona e a caminhar para o fim da vig√™ncia do terceiro Estado de Emerg√™ncia. Sem preju√≠zo do tempo decorrido os problemas com que as Institui√ß√Ķes se debatem no combate ao Covid-19 e na prote√ß√£o dos seus utentes persistem. Apesar de volvidas estas semanas, e das declara√ß√Ķes p√ļblicas efectuadas, a realidade √© que ainda n√£o foram realizados quaisquer testes de despistagem a utentes e funcion√°rios das Institui√ß√Ķes de Solidariedade Social. Os testes realizados foram-no para confirmarem suspeitas em utentes ou funcion√°rios. Igualmente, apesar de profusamente divulgada a exist√™ncias de infraestruturas para hospitais de retaguarda. Nenhum doente com Covid-19 foi acolhido em qualquer dos equipamentos divulgados.

A concretiza√ß√£o destas duas medidas revela-se da maior import√Ęncia para o combate √† dissemina√ß√£o da infec√ß√£o, nomeadamente entre a popula√ß√£o idosa com comorbilidades e institucionalizada.

Os Estabelecimentos Residenciais Para Pessoas Idosas (ERPI), vulgo lares, s√£o estabelecimento residenciais, n√£o unidades de sa√ļde, n√£o possuindo condi√ß√Ķes para tratamento a este n√≠vel, nomeadamente isolamentos, recursos m√©dicos , enfermagem e auxiliares de ac√ß√£o m√©dica 24 horas por dia. Igualmente, n√£o disp√Ķe as Institui√ß√Ķes Equipamentos de Prote√ß√£o Individual para tratarem de utentes com Covid-19, colocando em risco os seus funcion√°rios e por consequ√™ncia as suas fam√≠lias. As ERPI n√£o s√£o os locais onde devem permanecer os utentes com Covid-19, devendo ser retirados para outros espa√ßos, nomeadamente hospitais de retaguarda, como constatamos noutras regi√Ķes do pa√≠s.

Urge fazer os testes de despistagem do COVID-19 a todos os utentes e funcion√°rios das ERPI e Estabelecimentos Residenciais para Deficientes no Alto Minho. Verificamos que em v√°rias regi√Ķes do pa√≠s esta medida foi executada, nomeadamente no centro e sul do continente.

Considerando que apesar das solicita√ß√Ķes que t√™m sido realizadas ainda n√£o foram executadas a√ß√Ķes concretas, nomeadamente como as que aqui defendemos, vimos apelar √†s Institui√ß√Ķes que sobre esta mat√©ria t√™m que decidir que executem estas duas medidas, nomeadamente os testes de despistagem e o hospital de retaguarda, contribuindo assim de forma decisiva para o combate √† dissemina√ß√£o da infec√ß√£o do COVID-19.

As Misericórdias do Alto Minho, 24 de Abril de 2020.

Arcos de Valdevez, Caminha, Monção, Paredes de Coura, Viana do Castelo, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença e Vila Nova de Cerveira.

Santa Casa da Misericórdia

de Arcos de Valdevez

Complexo Vilagerações

Santa Casa da Misericórdia de Arcos de Valdevez

Rua Comendador Dr. Francisco Rodrigues de Araújo, nº 146

4970-600 Arcos de Valdevez

Tel: 258 510 110

Fax: 258 510 119

Email: geral@scmav.pt

Please publish modules in offcanvas position.